Entrar em um hospital para realizar uma cirurgia de coluna e sair de lá andando no mesmo dia parece algo impossível, não é mesmo?! Mas a verdade é que isso é mais comum do que você pode imaginar. Atualmente, com as cirurgias de coluna minimamente invasivas os pacientes têm os incômodos pós cirúrgicos minimizados e sentem melhoras significativas dos sintomas pouco tempo após o ato cirúrgico, recebendo alta médica hospitalar em algumas horas.

Cirurgias minimamente invasivas são procedimentos realizados para tratar diversos tipos de doenças de forma menos agressiva do que as cirurgias comuns, sendo realizadas de forma mais simples, rápida e sem a necessidade de anestesias gerais. Ou seja, os benefícios desse tipo de tratamento são inúmeros. Para os casos de coluna, é comum que os pacientes possam voltar a sua rotina diária normal, podendo inclusive voltar a trabalhar, no período de uma semana após o procedimento.

Claro que essas condições podem variar de acordo com as particularidades de cada pessoa e de cada caso, mas de forma geral as cirurgias minimamente invasivas são conhecidas pelo baixíssimo risco de sangramento ou algum tipo de infecção, já que não há necessidade de cortes profundos, além da rápida recuperação do paciente.

No entanto, apenas o médico poderá dizer se esses procedimentos são realmente eficazes para determinados tipos de problemas, já que algumas situações podem exigir cirurgias um pouco mais complexas.

As cirurgias minimamente invasivas são utilizadas mais comumente para o tratamento de hérnia de disco.

 

Menor risco de complicações

As cirurgias de coluna que são realizadas atualmente, quando feitas por profissionais experientes e com a utilização de materiais cirúrgicos de boa qualidade, oferecem pouquíssimos riscos, seja de sangramento ou de infecções. Quando falamos de procedimentos minimamente invasivos esse risco reduz para praticamente zero.

Após o procedimento cirúrgico, os pacientes precisam seguir algumas orientações simples até sua recuperação completa, como evitar excesso de atividades ou esforços físicos, não carregar peso e etc. Mas, de forma geral, ele poderá sair do hospital caminhando logo após receber a alta médica hospitalar, que acontece em cerca de 24 horas (ou antes) após a operação.

Principais vantagens

  • Menor tempo de cirurgia: O procedimento é realizado em uma hora ou menos, dependendo de cada caso.
  • Menos dor pós-cirúrgica: Como o corte realizado é minúsculo a musculatura é levemente mobilizada e separada, o que causa muito menos dor do que em outros tipos de cirurgia.
  • Alta médica hospitalar rápida: O paciente pode receber alta do hospital no mesmo dia e sentindo-se bem para caminhar.
  • Retorno rápido das atividades diárias: Em média os médicos liberam os pacientes para voltar ao trabalho e as atividades comuns do dia a dia uma semana após a operação.

Quer saber se é possível realizar uma cirurgia minimamente invasiva para o seu caso? Entre em contato com a Clínica Gran Prime e agende uma consulta. Nossa equipe médica conta com os melhores neurocirurgiões do país.