Milhões de pessoas no mundo inteiro sofrem com problemas relacionados à coluna, como as famosas hérnias de disco, escolioses, lombalgias, entre tantas outras patologias. As complicações dessas doenças, em muitos dos casos, pode impedir uma pessoa de realizar tarefas simples do dia a dia, como caminhar, mexer os braços, abaixar e etc. O medo de realizar cirurgias de coluna que podem acabar com esses problemas está muito relacionado a alguns mitos, como o risco de paraplegia ou, até mesmo, de complicações mais sérias durante as cirurgias.

Então, quais são os reais riscos de uma cirurgia de coluna? Já pensou em entrar em um hospital para ser operado, obter alta no mesmo dia e ainda sair caminhando?! Parece um sonho, mas é realizada para a grande maioria das pessoas que passaram por procedimentos cirúrgicos na coluna. As cirurgias de doenças de coluna evoluíram tanto nos últimos anos que oferecem praticamente risco zero. São mais seguras do que outras operações consideradas simples, como a retirada da vesícula ou do apêndice.

Para se ter uma ideia, esse tipo de operação não exige, se quer, uma anestesia geral. O paciente é apenas sedado e recebe uma anestesia local para a realização da cirurgia. De forma geral, podemos destacar dois procedimentos diferentes que são realizados com mais frequência para os casos de coluna, a Artrodese e a Cirurgia a Laser.

 

Artrodese

A instabilidade causada pelas doenças da coluna, como lombalgias e hérnias de disco, pode ser facilmente corrigida pela artrodese, um procedimento cirúrgico que imobiliza alguns segmentos da coluna, utilizando materiais como parafusos, pinos e placas. Dessa forma, o paciente fica livre das dores e dos demais problemas causados pela doença.

O procedimento é bastante simples e oferece baixíssimos riscos. De forma geral, a operação dura entre 2 e 3 horas, com 3 dias de internação, sendo que o paciente sente melhora imediata dos sintomas e pode sair do hospital andando. Os médicos apenas alertam quanto a alguns cuidados pós-cirúrgicos que devem ser seguidos durante alguns dias, como evitar carregar peso ou realizar atividades físicas intensas.

 

Cirurgia de Coluna a Laser

Uma das formas mais modernas de tratar doenças da coluna é pela cirurgia a laser, que oferece risco zero de complicações e é tão ou mais eficiente do que a artrodese. O procedimento é minimamente invasivo e na grande maioria dos casos não deixa nenhuma marca.

O laser é capaz de reverter o inchaço que é causado pelo deslocamento do disco (nos casos de hérnia), que provocam aquelas dores insuportáveis, descomprimindo os nervos e acabando com os sintomas. No entanto, apenas um médico capacitado poderá dizer qual tipo de procedimento é mais indicado para cada caso, tendo em vista que há variações de pessoa para pessoa.

As vantagens das cirurgias minimamente invasivas são várias, podendo destacar a redução de riscos de sangramento (risco zero), já que não há cortes; a ausência de marcas ou cicatrizes pelo mesmo motivo; a rapidez no procedimento, que dura entre 30 minutos e 1 horas; além da alta médica hospitalar em apenas 24 horas.

Acabe com as dores na coluna. Entre em contato com a Clínica Gran Prime. Contamos com os melhores neurocirurgiões do país, especialistas em cirurgias de coluna!