Ganhar massa muscular pode ser um processo complicado para muitas pessoas. Às vezes, descobrir qual é o tipo de exercício adequado é o grande empecilho. Por isso vamos explicar como ganhar massa muscular através da metabologia.

Identificando como o seu metabolismo funciona, e quais são as defasagens hormonais, ou mesmo se existe algum problema acometendo o seu corpo, você será capaz de descobrir maneiras mais assertivas para ganhar massa.

Através da metabologia você não apenas consegue identificar esse tipo de falha no seu corpo, como também descobrirá qual é a capacidade cardíaca e respiratória, e descobrirá exercícios realmente eficientes para você.

Continue lendo esse artigo, e descubra 8 dicas para ganhar massa muscular através da metabologia, entendendo enfim porque esse acompanhamento pode ser de grande ajuda.

Veja aqui quais são as 8 dicas para ganhar massa muscular através da metabologia

Para quem tem o metabolismo acelerado, ou seja, queima calorias com grande facilidade, ganhar massa muscular pode ser um problema. Isso porque em alguns casos, o metabolismo pode queimar mais calorias do que deveria, dificultando o processo de ganho de massa.

Para driblar esse problema, uma estratégia é procurar ajuda de um médico especializado em medicina esportiva, que tem como função principal orientar atletas amadores e profissionais, e indicar o melhor caminho para alcançarem seus objetivos.

Quem tem o metabolismo acelerado tende a ter um biotipo mais magro, pois o corpo quase não retém calorias, já que tudo é utilizado e queimado pelo metabolismo hiperativo.

É muito comum que homens e mulheres encontrem essa dificuldade em ganhar mais massa. Veja agora 8 dicas para ganhar massa muscular através da metabologia.

  1. Prefira alimentos naturais:

Alimentos naturais são menos gordurosos, e livres de conservantes que podem comprometer o seu ganho de massa muscular.

  1. Priorize as proteínas:

Embora esse tipo de ingrediente não deva ser exclusivo em seu cardápio, você deve consumir uma boa quantidade de proteína do tipo magra em suas refeições.

  1. Dê tempo ao seu músculo:

Treinar todos os dias, sem orientação e descanso não é uma boa estratégia. A hipertrofia, ou seja, o crescimento dos músculos acontece durante os períodos de descanso. Se você não parar de treinar nunca, não dará ao seu corpo tempo para se recuperar, e não obtém os resultados.

  1. Faça exercícios de forma lenta:

Não faça os exercícios rapidamente. Realize as repetições lentamente, sentindo o efeito disso nos músculos.

  1. Treine com frequência:

Você deve treinar de 3 a 5 vezes na semana, mas tome o cuidado de exercitar um mesmo grupo muscular apenas 2 vezes na semana, no máximo. Lembre-se que o período de descanso e recuperação é fundamental para hipertrofia.

  1. Comece pela musculação:

Esqueça isso de começar a treinar pela aeróbica, e só depois partir para os aparelhos de musculação. Comece exercitando o seu músculo, e assim você terá mais energia para os exercícios.

  1. Não pare o exercício:

Evite parar o exercício no meio quando sentir dor. Se você estiver fazendo corretamente, a dor é parte do processo de crescimento do músculo. Por isso é essencial estar acompanhado de um profissional de educação física.

  1. Não abandone o treino quando alcançar o seu objetivo:

A hipertrofia pode ser facilmente perdida se você não mantiver a disciplina de treinos e alimentação adequada. Muitas pessoas se sacrificam para obter resultados, e depois abandonam os treinos, perdendo tudo o que conquistou.

Porque procurar um médico especialista para acompanhar o seu desempenho?

Um dos maiores erros que você pode cometer é desassociar os exercícios físicos de sua saúde. Para que o seu treinamento seja saudável e eficaz, é fundamental ter o acompanhamento de um instrutor físico e também de um médico voltado para metabologia.

Esse profissional era responsável por identificar qualquer alteração em seu metabolismo através de exames clínicos e laboratoriais, além de acompanhar o seu desempenho.

Ele vai indicar quais são os exercícios, cargas e frequências ideais para você de acordo com o seu estado físico, e também considerando a sua capacidade respiratória e cardíaca.

Além disso, ele poderá lhe orientar caso você interesse em tomar qualquer tipo de esteroide, indicando quais deles podem de fato lhe ajudar, e ir livrando você de medicamentos e produtos prejudiciais.

Médico, instrutor e nutricionista: a tríade que vai lhe ajudar no ganho de massa muscular

Para alcançar os seus objetivos você deve contar com uma equipe de profissionais, que serão seus grandes orientadores. Manter uma alimentação equilibrada, indicada por um médico é fundamental.

Ter um instrutor físico profissional, que acompanhe o seu desempenho e lhe ajude a fazer os exercícios de maneira correta é outro ponto essencial, e que ajudará a diminuir os riscos de acidentes, lesões e contusões.

E o médico especialista é o profissional que fecha essa equipe, trazendo orientação a respeito do funcionamento de seu corpo, e lhe dando orientações sobre saúde e desempenho.

Seguindo as nossas 8 dicas para ganhar massa muscular através da Metabologia você conseguirá obter excelentes resultados.